Olá, Poderosas!

Há alguns dias, mais precisamente no dia 30/11, postei em meu Instagram uma foto minha depois de um procedimento estético: o Microagulhamento com Dermapen. Muitos leitores ficaram um pouco assustados, pois postei uma foto de meu rosto cheio de sangue…rsrsr… Mas, é que eu queria mostrar de fato o que é o tratamento e se ele realmente funciona!

Bom, eu tenho muitas manchas de sol em meu rosto, pois sou muito branca e tenho manchas de melasma que me incomodam bastante. Além das ruguinhas de expressão e poros dilatados no nariz… ninguém merece… rsrs… Mas, eu já tinha feito alguns peelings e não resolviam minhas queixas. Foi então que decidi fazer este procedimento, pois a promessa era de que minha pele teria mais vitalidade e as manchas e poros dilatados iriam ser amenizados.

Depois de ler bastante sobre o assunto e criar coragem para encarar as agulhas, resolvi testar o tal microagulhamento. É claro que minha inspiração para fazer o procedimento também veio das poderosas Gisele Bündchen e Kim Kasrdashian, que são adeptas deste procedimento estético. A longo prazo, o tratamento promete deixar a pele cada vez mais viçosa e bonita, com mais vida. Ele também trata rugas, estrias, manchas de acne, além de ajudar no rejuvenescimento e no melasma.

Mas, a questão é que o procedimento causa medo e terror na gente, não é mesmo??? Ser perfurada por várias agulhas para tentar alcançar os resultados acima descritos, não é fácil!!! Mas, encarei tudo e vou contar pra vocês como foi!

Então, vamos começar com a pergunta básica:

O QUE É O MICROAGULHAMENTO?

microagulhamento (indução percutânea de colágeno) é uma técnica que utiliza um aparelho manual, um rolo, com várias microagulhas que possuem diferentes tamanhos, podendo variar de 0,25mm até 3,0mm, estas se inserem na pele ajudando na produção de colágeno – sem que provoque a desepitelização total da pele, diferente de ácidos. O tratamento é indicado para pessoas com flacidez tissularrugascicatrizes atróficas, cicatrizes de acneestrias, linhas de expressão bem como pode ser usado em fototipos altos.

COMO FUNCIONA?

Quando as agulhas são penetradas na pele, elas causam uma lesão controlada e, como toda lesão, existe a fabricação de “ingredientes” para a formação de um novo tecido.

As agulhas são aplicadas na pele, provocando pequenas punturas, que aumentarão a vasodilatação, estimularão a formação de colágeno e também aumentarão a absorção de alguns medicamentos aplicados diretamente na pele, o chamado drug delivery.

A regeneração ocasionada pelo microagulhamento promove o rejuvenescimento, devido ao estímulo do colágeno e melhora a textura da pele, diminui rugas, atenua cicatrizes, linhas de expressão, manchas e estrias.

O microagulhamento pode ser feito pelo Dermaroller, que é um pequeno aparelhinho e em sua ponta tem um cilindro com centenas de micro agulhas que são presas a uma haste onde é possível segurar e deslizar sobre a pele. Ou pode ser feito pelo Dermapen, um equipamento um pouco maior que o Dermaroller e elétrico, que possui em sua ponta micros agulhas e que, assim como o Dermaroller, é deslizado sobre a pele no intuito de também fazer as microfissuras.

PROCEDIMENTO:

Eu utilizei uma pomada anestésica uma hora antes do procedimento, pois meu maior medo era mesmo sentir dor. Eu não senti dor nenhuma com esta pomada, mas ela era bem potente. Nas áreas em que passei menos pomada, pude sentir um pouquinho das agulhadas, por isso não recomendo fazer sem anestésico de forma alguma, porque dói sim.

Vejam como estava meu rosto antes do procedimento:

O procedimento dura em torno de meia hora e termina assim:

Depois do microagulhamento

Terminado o procedimento, sentimos um ardor na pele, que vai se amenizando e se transformando numa sensação de queimação no rosto. Para amenizar, utilizei Água Termal Vichy em spray e fui aplicando todas as vezes que sentia um pouco de desconforto. Senti somente nas primeiras horas após o procedimento, que foi feito à noite. No outro dia, aplicava o spray, esperava o rosto secar um pouquinho e depois aplicava o Bepantol Derma, que ajuda a regenerar a pele. Depois disso, aplicava o protetor solar da Vichy – CAPITAL SOLEIL – Clarify FPS 60 três vezes ao dia.

No primeiro dia após o procedimento, a pele fica bem avermelhada.

Em três ou quatro dias, a pele começa a descamar. No sétimo dia, a textura e o viço melhoram. Após 20 dias melhora a pigmentação da pele e, a partir de 45 dias, nota-se a redução das rugas. Esse é o meu resultado após 13 dias do procedimento.

Para que o paciente consiga ver um melhor resultado, são necessárias pelo menos três sessões, uma sessão apenas, apesar de já fazer bem para a pele, não é o indicado. Os primeiros resultados começam a surgir pelo menos um mês e meio depois, já que a produção de colágeno é algo bem lento. É importante lembrar que o resultado desse procedimento estético é a longo prazo. Nada é imediato.

Eu posso lhes afirmar que já notei grandes diferenças na minha pele. Com relação aos melasmas, percebi que clarearam muito. Meus poros dilatados do nariz diminuíram. As ruguinhas de expressão amenizaram e já notei que a textura da minha pele melhorou bastante.

Então, Poderosas, se depender de mim, vou fazer mais vezes este procedimento estético, porque gostei dos resultados. As pessoas que convivem comigo notaram uma grande diferença em minha pele e, dentre todos os procedimentos estéticos que fiz, acho que este é o que gerou um resultado mais significativo em minha pele.

**Muitas de vocês me perguntaram o valor que paguei na sessão de microagulhamento. Eu paguei R$ 350,00 e achei que o custo-benefício valeu a pena. Fiz o procedimento aqui na minha cidade, Uberaba-MG, na SPA LASER.

CONTATO SPA LASER:

Telefones:  (34) 98851 – 5200

http://www.spalaser.com.br/inicio //  www.facebook.com/spalaseruberaba     //  www.instagram.com/spalaser/

 

Então, Poderosas, gostaram das dicas? E vocês, já fizeram este procedimento?

Beijos!

 

 

 

Deixe um comentário!