Olá Poderosas!

Hoje vou falar com vocês sobre alguns erros que cometemos ao sermos mulheres “boazinhas” com nossos homens.

Este tema tem tudo a ver com o nosso site. Na verdade, eu me espelhei nele para montar o site.

Bom, se tem algo que não é fácil de administrar é relacionamento. Seja ele: paquera, namoro ou casamento. Sempre digo que são duas pessoas diferentes, com temperamentos diferentes e que foram criadas de forma diferente (cada um tem sua educação). E essas pessoas tentam se entender. Não é fácil…

Mas, na hora de conquistar um homem todas nós já cometemos erros que vou falar abaixo e que demonstram para os homens que somos inseguras ou desesperadas para ter alguém. Homem não gosta disto. Nós temos que demonstrar para ele que somos poderosas.

Eu, em determinados momentos de minha vida, inspirei-me neste livro: “Por que os Homens Amam as Mulheres Poderosas?”, da autora Sherry Argov. Ela dá muitas dicas para deixarmos de sermos mulheres boazinhas e nos tornarmos irresistíveis.

Segundo Argov (2009), “Todas nós conhecemos uma mulher boazinha. É aquela que se entrega por completo a um homem que mal conhece, sem que ele tenha que investir muito. É a mulher que se dá cegamente porque anseia receber de volta a mesma atenção. É a mulher que age de acordo com o que ela acha que o homem gosta ou deseja porque quer manter o relacionamento a qualquer custo. Toda mulher, em algum momento, já passou por isso.”

Ainda, segundo Argov (2009), “O fato de a mulher se exceder nas atenções com um sujeito que é praticamente um estranho pode levá-lo a duas conclusões: ou ela está desesperada ou vai para a cama com qualquer um. Ou ambas as coisas. O esforço que ela fez não é apreciado. E quando o homem começa a perder o respeito por uma mulher que sutilmente se desvaloriza, ele perde também o desejo de se aproximar dela.”

Então, já que conhecemos a mulher boazinha, vamos falar da mulher poderosa. A primeira coisa que precisamos saber é que para querermos a companhia de alguém, primeiramente temos que gostar de nós mesmas. Temos que aprender a gostar de ficar sozinhas e apreciar nossa companhia. Não somos grudadas em ninguém. Somos pessoas individuais. Não precisamos de outra pessoa para sobreviver. Se você conseguir conviver bem com você e gostar de sua companhia já será um grande avanço. Quando descobrimos que sobrevivemos sozinhas, aí estamos preparadas para entrar em um relacionamento. Tem pessoas que acham que só conseguirão ser felizes com a presença de outro indivíduo em suas vidas. Mas a felicidade está dentro de nós. Se somos felizes sozinhas, poderemos fazer outra pessoa feliz. A felicidade não está no outro. Está em nós mesmas. Quando descobrimos e aplicamos isso em nossas vidas, tudo se torna mais fácil.

Segundo Argov (2009); “uma mulher poderosa nunca se mata só para impressionar alguém…a mulher poderosa está disponível algumas vezes, mas outras não. Porém ela é amável o suficiente para levar em consideração as preferências do namorado quanto ao dia em que ele gostaria de vê-la, de forma que ela possa, às vezes, adaptar seus planos aos desejos dele. A conseqüência disso? Um relacionamento em que ninguém domina ninguém. E a mulher que larga tudo o que está fazendo, a qualquer hora do dia ou da noite, para ir ao encontro de um homem? Ele sabe que a controla completamente. Por isso, depois de um tempo, o sujeito passa a sair com os amigos e só telefona à meia noite, pois sabe que ela virá quando ele quiser…”

Bom, então, seguindo essa linha de raciocínio, vou dar dicas para você se tornar poderosa e irresistível.

  • Não corra atrás de um homem. Não deixe que ele pense que é o centro do Universo. Tente não vigiar os passos dele (se o fizer, não deixe que ele perceba).
  • Seja independente. Não importa qual é a sua profissão. O importante é que você trabalhe, goste do que faz e de poder ser independente com o que ganha.
  • Deixe espaço para que o homem sinta saudade. Não fique deixando longas mensagens apaixonadas, nem fique ligando para ele o tempo todo. Fique noites sem vê-lo. Isso os deixa instigados e estimulados.
  • Procure resolver seus próprios problemas. Principalmente, se for em início de relacionamento. Se quiser compartilhar com ele um problema, faça quando já estiver resolvido. Não se abra tão facilmente logo no começo de relacionamento.
  • Seja misteriosa. Revele coisas íntimas sobre você aos poucos. Não despeje tudo sobre você logo no começo. Deixe o homem ficar curioso. Não seja tão aberta, principalmente em início de relacionamento.
  • Eu sei que é difícil, mas tente não perder o senso de humor. Isso dá leveza ao relacionamento e demonstra desprendimento. Mas se o assunto for sério, trate com seriedade e respeito a questão levantada.
  • Mantenha o controle, vá devagar, principalmente quando ele tem pressa. Tenha seu próprio ritmo, evitando que o homem assuma o controle sobre você.
  • Goste de outras coisas além dele. Tenha múltiplos interesses. Desta forma você vai ser mais fascinante do que aquela mulher cujo único foco parece ser o homem. Tenha vida própria e seja independente. Desta forma ele terá uma parceira com quem trocar experiências e você também terá um parceiro.
  • Ame-se. Goste de seu corpo e aparência. Tenha autoestima elevada. Não deixe de usar batom vermelho porque ele não gosta dessa cor. Também não abra mão de se cuidar só para ficar mais tempo com ele.
  • Valorize-se. Se receber elogios, não tente convencê-lo de que está errado. Cuidado: não pergunte sobre a ex-namorada dele e não tente competir com outras mulheres, seja você mesma. Não mude por causa dele. É lógico que ninguém é perfeito e que em algumas situações temos que ceder, mas principalmente em início de relacionamento, pense bastante antes de querer mudar algo em você ou em suas atitudes por causa dele.

Bom, então é isso poderosas! Espero que tenha ajudado um pouco. Sei que nem sempre conseguimos ser assim, tão poderosas… Mas podemos ir tentando, principalmente com relação à nossa autoestima. Quando ela está alta, quando estamos bem, a vida já vai se tornando mais fácil.

Beijos! Fiquem com Deus!

Deixe um comentário!